Mais de 1,1 milhão de casos de câncer de próstata foram registrados em 2012.

A previsão é de que o número de casos de câncer de próstata duplique (1,7 milhões) até 2030.

Câncer de próstata é a sexta maior causa de mortes por câncer entre homens no mundo todo.

 

O que é câncer de próstata?

A próstata é uma glândula localizada imediatamente abaixo da bexiga, à frente do intestino. Ela produz um fluído que protege e enriquece o esperma.

O câncer de próstata ocorre quando algumas das células da próstata se reproduzem muito mais rápido do que o normal, resultando em um tumor. Se não for tratado, as células do câncer de próstata podem eventualmente se espalharem e invadir partes distantes do corpo, particularmente os linfonodos e ossos, produzindo tumores secundários em um processo chamado de metástase.

Um dos aspectos mais preocupantes da doença é que a maioria dos cânceres de próstata desenvolvem-se sem sintomas nos estágios iniciais.


 

Saiba os fatores de risco

O câncer de próstata somente afeta os homens, já que as mulheres não tem essa glândula. Os fatores de risco de desenvolver essa doença incluem:

Idade
Quanto mais velho um homem é, maior é a probabilidade dele ser diagnosticado com câncer de próstata.

 

Histórico familiar
Um homem com um pai ou irmão que desenvolveram câncer de próstata tem duas vezes mais chances de desenvolver a doença.

 

Etnia
Maior ocorrência em africanos negros e afro-caribenhos.

 

 

Sintomas, exames e tratamento

Os sintomas

Nem todos sentem os sintomas do câncer de próstata. Muitas vezes, os sinais de um câncer de próstata são detectados quando um médico faz um check-up de rotina.

Porém, alguns homens mostram mudanças urinárias ou sexuais que podem indicar a presença de câncer de próstata. Esses sintomas incluem:

  • Uma necessidade frequente de urinar, especialmente à noite
  • Dificuldade de começar a urinar ou segurar a urina
  • Fluxo fraco ou interrompido de urina
  • Urinação dolorosa ou com queimação
  • Dificuldades em ter uma ereção
  • Ejaculação dolorosa
  • Sangue na urina ou sêmen
  • Dores ou rigidez frequente na lombar, quadris ou na parte superior da coxa

O que fazer

Se você sente qualquer um desses sintomas, entre em contato com seu médico.

 

Exames

O propósito do exame é detectar o câncer de próstata no estágio inicial, antes que a doença progrida. Existem dois testes comuns para a detecção inicial, e dependendo dos resultados dos testes, você pode ser indicado a um especialista para fazer uma biópsia.

Exame Digital Retal (ERD)
O ERD é feito pelo médico, introduzindo um dedo no ânus, onde é possível sentir a superfície da próstata.

 

Exame de sangue PSA
O exame de sangue PSA procura a presença de uma proteína que é produzida especificamente pelas células da próstata.

 

Biópsia
Baseando-se nos resultados do seus exames, você pode ser indicado a um urologista para fazer uma biópsia. Essa é a única maneira de determinar se um câncer está presente.

 

Nossa recomendação é que você discuta sua situação com seu médico para decidir se o exame é necessário para você. Juntos, vocês podem escolher o melhor curso de ação.

Para lhe ajudar nessa conversa, nós trabalhamos com a Société Internationale d'Urologie para desenvolver uma ferramenta que ajudaa os homens e suas famílias a participarem nesse processo de decisão.

Download Baixe o PSA: Fazer ou não o teste? (somente em inglês)

 

Opções de tratamento

Se você foi diagnosticado com câncer de próstata, é importante se lembrar que muitos cânceres de próstata se desenvolvem vagarosamente e talvez nem precisem de cirurgia ou qualquer outro tratamento radical. As opções de tratamento incluem:

  • Vigilância Ativa
  • Prostatectomia
  • Radioterapia
  • Terapia de Hormônios
  • Quimioterapia

Se você foi diagnosticado com câncer de próstata

Aprenda sobre as várias opções de tratamento. Tome uma decisão muito bem informada, procurando conselho de profissionais médicos e de fontes confiáveis.

 

Efeitos colaterais

Dependendo do tratamento que você fizer, você pode ter alguns dos seguintes efeitos colaterais:

  • Incontinência (vazamento involuntário de urina)
  • Disfunção erétil (dificuldade de ter ou manter um ereção)
  • Ganho de peso pela terapia de hormônios

Esses efeitos colaterais têm durações diferentes para pessoas diferentes.

Já que um dos efeitos colaterais do tratamento pode incluir disfunção erétil, o câncer de próstata pode ter um sério impacto nas relações íntimas. Muitas pessoas que passaram por essa jornada relatam que o câncer de próstata não é simplesmente uma doença masculina, mas sim uma doença do casal. Certifique-se de envolver sua parceira na decisão sobre os vários métodos de tratamento.

Se você está tendo qualquer um desses efeitos colaterais

Existem tratamentos e ações você pode fazer para gerenciar muitos desses efeitos colaterais.


 

Para uma lista de todas as fontes sobre saúde masculina, favor entrar em contato com references@movember.com